OURO PRETO PARA A PÁSCOA

Por que deixamos o sol, as praias e o ocenao pelo frio, a chuva e as montanhas? Várias boas razões: visita a Inhotim, semana santa em Ouro Preto e descoberta das montanhas de Minas Gerais.

145 km de bicicleta de 25 de marçoa a 2 de abril de 2013 ~ TOTAL : 8.152 km
Caravelas (Bahia) → ônibus para Brumadinho (Minas Gerais) → Ouro Preto (Minas Gerais)
Por Bertrand ~ TERRA TRIBUTA

1-Nous-Inhatim-Bahia-Bresil©TerraTributa (2)

Inhotim – Instituto de Arte Contemporânea e Jardim Botânico é um lugar único no Brasil. Nada menos do que 21 galerias de arte contemporânea, mais de 500 obras de 97 artistas originários de 30 países diferentes; tudo isso num jardim botânico que reúne 4.500 espécies nativas e exóticas. Em suma, um dia inteiro mal dá para conhecer esse lugar incrível, perto da cidade de Brumadinho. Para saber mais: Inhotim.

Não muito animados, deixamos brumadinho num dia cinzento, chuvoso e frio. Perdemos o sol e mais de 15 graus em algumas horas de ônibus. Desde o início, o ritmo é dado pelas subidas e descidas que acabam com nossas pernas. Um pouco mais adiante, chegamos ao pé da Serra da Piedade: mais de 600 metros de subida numa distância de 6 quilômetros. Perto do topo, o motorista de um 4×4 nos vê sofrendo para empurrar nossas bicicletas. Pela segunda vez em nossa viagem, aceitamos embarcá-las num carro. Até agora, 8 km de carona – de lift em anglicismo quebequense. No dia seguinte, finalmente avistamos Ouro Preto, no vale das montanhas a mais de 1.100 metros de altitude. Essa cidade colonial nasceu durante a febre do ouro que aconteceu no início do século XVII. Seu nome se deve à descoberta de um metal negro, o ouro preto, num dos rios dos arredores.

Vanessa e eu gostamos particularmente de conhecer as tradições e a cultura de um país. O Brasil é um prato cheio para isso! Durante a Semana Santa, a cidade de Ouro Preto vibra ao rítmo de magníficas celebrações. Na noite que precede o domingo de Páscoa, vários voltuntários realizam, nas ruas de paralelepípedo obras de arte com serragem. Vale a pena acordar à 1h30 da manhã para contemplar esse espetáculo. Um pouco mais tarde, a procissão percorre os três quilômetros de tapetes coloridos.

Semaine santa em Ouro Preto

Semaine santa em Ouro Preto


Para minha felicidade, o sol finalmente aparece depois de vários dias. Posso agora tirar fotos com minha luz preferida! Para tanto, foi preciso pedalar novamente seis quilômetros de subida!

Para minha felicidade, o sol finalmente aparece depois de vários dias. Posso agora tirar fotos com minha luz preferida! Para tanto, foi preciso pedalar novamente seis quilômetros de subida!


6-Humains-Hotes-Republique-DNA-Ouro-Preto-Minas-Gerais-Bresil©TerraTributa (1)

Da esquerda para a direita: Philip (Foka) – Pedro (Kuko) – Arlo Ni (Valita) – Leandro (Suicida)


Pela primeira vez em dez meses descobrimos repúblicas de estudantes universitários. Há mais de trezentas delas em Ouro Preto! Nosso anfitrião Warmshower, Philip Borja Surniche mora na república DNA Deus Nos Acuda. Algumas repúblicas são unicamente masculinas, outras femininas. Desfrutamos mais uma vez de uma calorosa acolhida. Muito obrigado à república DNA!

Publicités