90 horas…

São 3,2 km para um escargot.
São 60 voltas na Terra para a Estação Espacial Internacional.
É o tempo máximo para transpor 1.230 km de bicicleta na célebre corrida Paris-Brest-Paris.

Graças ao site Warmshower, encontramos um simpático gaúcho, Guilherme Kardel. Morador de Brasília, Guilherme conhece bem a prova cicloturística Paris-Brest-Paris!

Desde os 5 anos de idade, Guilherme Kardel vive sobre uma bicicleta. Entre sua primeira BMX e sua « vitória » em 2011 na Paris-Brest-Paris, ele estima ter percorrido mais de 145.000 km!

PARIS-BREST-PARIS: 1.230 KM

Num dia de 1891, James Naismith, um doutor e professor canadense inventa o basquete com duas caixas de pesca de madeira. No mesmo ano, do outro lado do Atlântico, tem lugar a primeira edição do passeio ciclístico Paris-Brest-Paris criado por Pierre Giffard.

© Roberta Kardel

Naquele ano, o melhor tempo dessa prova que se tornou mítica foi de 71 horas e 27 minutos (Charles Terront). Depois de sua primeira tentativa, Guilherme explica seu fracasso: « Em 2007, andei devagar demais (média de 13 km/h). Depois de ter dormido um total de 3 horas em 3 dias, estava esgotado. Decidi fazer uma pequena sesta que se prolongou por 7 horas. Aí ficou difícil transpor os últimos 223 km em 9 horas!»

© Roberta Kardel

Graças a uma boa preparação e muita perseverança, sua segunda tentativa em 2011 foi bem sucedida, em 89 horas! O mais rápido dessa edição foi Christophe Bocquet em apenas 44 horas e 13 minutos. Vinte e cinco horas a menos que em 1891! È preciso dizer que em 120 anos, o mundo da bicicleta mudou, Mas a filosofia continua focada na ideia de um passeio e não da performance de uma corrida. O regulamento é, aliás, bem claro : « Qualquer que seja a hora da chegada, nenhum brevet será homologado em menos de 43h56 (média máxima de 28 km/h) ».

Guilherme em companhia de dois compatriotas brasileiros: Edson Behenck e Luiz Lazary © Roberta Kardel

Se os 10.000 metros de subida de Paris-Brest-Brest (PBP) lhe interessam, você ainda tem tempo para treinar. A próxima edição será em 2015! Mais de 5.000 participantes pegaram a estrada em 2011 e quase 80% transpuseram a linha de chegada. A idade média dos ciclistas é de 50 anos. Aviso aos amadores!

KARDEL, O FOTÓGRAFO

A segunda paixão de Guilherme é também o seu trabalho. Há quatro anos esse apaixonado pela imagem é fotógrafo e programador de computador freelancer. A cidade de Brasília é o seu playground onde ele capta imagens sobre temas variados: retratos, arquitetura, esporte, família, eventos corporativos. http://foto.kardel.com.br/

Nosso muito obrigado a Guilherme e seu colocatário Marcelo por sua calorosa acolhida em Brasília!!

Até breve, talvez um dia em Paris-Brest-Paris!

Você sabia?
En 1896, Pierre Giffard deu a largada da primeira maratona de Paris.

Referência: www.paris-brest-paris.org

Publicités